segunda-feira, 30 de julho de 2007

VENDE-SE


está barato

2 comentários:

Alexandre disse...

Se me saísse o euromilhões...

Há muitos anos que tenho a impressão de que o Autódromo é um, perdoem a expressão, enjeitado que ninguém quer mas que, como existe, alguém tem que tomar conta dele e então chuta-se de uns para os outros.
Lembro-me, como se fosse hoje, da inauguração da pista, do Kartódromo com o seu miolo, onde vi despontar pilotos como o Arnoux, o Patrese e o Cheever, das romarias que eram algumas corridas, ou o Rali de Portugal, do vento que se sentia atrás das boxes mesmo no Verão, tantas memórias. Temo que tudo isto se vá perder, pois se não aparecer ninguém interessado, o Autódromo pode fechar. Espero bem estar enganado, mas é o que sinto.

Pitigrili disse...

E já começam a dizer que o único sítio onde faz sentido haver um autódromo é no Algarve...

Counter