segunda-feira, 18 de junho de 2007

Alain Prost dixit


« Les courses se décident aux stands. La stratégie domine, la seule chose qui existe encore sont les erreurs de pilotage. »
Quatro vezes Campeão do Mundo, Alain exprime-se sobre a F1.

3 comentários:

Pitigrili disse...

Há muitos, mas mesmo muitos anos que não via uma corrida de fórmula 1 do princípio ao fim.
A época Schumaker foi uma chatice...
E ontem, voltei a ver a corrida de fio a pavio!
Há outra vez carros e pilotos competitivos, que mantêm o suspense da primeira à última volta.
Até que enfim, já não era sem tempo...yp

Alexandre disse...

scnpdEu não vi a dos USA porque estava na Granja, mas por uma vez concordo com o Prost nas afirmações que ele fez. Esta F1 tem muito poucas ultrapassagens e corridas decididas nas boxes, podem ser corridas ( a estratégia é importante ), mas eu não gosto.
Comparado então com o que se viu no Domingo em Sintra, nem se fala.
Grandes corridas, emoção a rodos e grande espectáculo que passou quase incógnito por culpa da ausência de divulgação. Aliás, o nosso amigo Armando pode testemunhar isso mesmo, ele que pôde reviver momentos passados com carros que passaram pelas 6 horas.
Estas corridas, PTCC; WTCC; Le Mans Series; etc representam a essência, a meu ver das corridas, essência essa que está há muito afastada da moderna F1...

Armando de Lacerda disse...

Estou absolutamente de acordo com o que diz o Alexandre.
No domingo passado na Granja, vi mais ultrapassagens do que hei-de ver, no resto da minha vida, na fórmula 1.
Foi um óptimo domingo, com boas corridas e uma excelente convivência.
Foi pena não termos tido a companhia do nosso Helder.

Counter