quarta-feira, 26 de maio de 2010

Circuíto da Praia Morena 2010



Benguela desperta de um certo marasmo que se vivia ainda há poucos anos:



E foi nas ruas desta antiga cidade, que se realizou o Circuíto da Praia Morena, 39 anos depois da última edição, como se anunciou aqui
Abaixo, mais um pequeno vídeo de Celso Fernandes, este da corrida:



E algumas imagens (clicar sobre as mesmas para as aumentar) para que se entenda um pouco melhor o que foi esta corrida memorável a vários níveis:

O histórico clube organizador, o Tuku-Tuku, prestou uma singela homenagem ao seu antigo fundador, Eurico Lopes de Almeida, através de uma imagem colada num dos seus carros concorrentes.
A corrida foi efectuada em sentido inverso ao habitual de há 40 anos.
As imagens, foram tomadas na "torre de controlo" da prova, instalada no edifício do "porta aviões".



A imagem da partida, faz-nos lembrar o que eram as corridas ainda há mais tempo em alguns locais africanos como Moçambique, quando concorriam juntos carros de Sport com Fórmulas e com Turismos, todos com boas diferenças de idade entre si.
Curiosamente, o BRC do futuro vencedor, Fiório de Sousa, não se vê na imagem. (PS: segundo informação da organização, partiu das boxes; o que dá maior mérito ao seu resultado)



Na partida, o pole Sandro Dias "Riquito" (nº201) atrasa-se também para Jorge Pires (nº11).
Seguem-se Mário Ferreira no Fórmula, Luís Teles Menezes no BMW, Luís Oliveira no Porsche, etc.
A classificação e as últimas 3 imagens mostram que os três últimos concorrentes citados, animaram bastante esta corrida.




Mais imagens da partida:
Há máquinas muito curiosas. Já vimos um Sierra muito transformado. Vemos agora um Golf que lembra um Deltona, mas também há coisas novas e que não se encontram "por aí" como um 500 Abarth...





Ao fundo, uma sucessão de imagens que mostram o ambiente vivido nesta prova, tanto ao nível da competição como acima descrito, como ao nível do público e de algum entusiasmo inconsciente. Aquela gente ali no muro e no passeio mesmo ali na curva...





No final tudo correu bem e sem acidentes.
Venceu Fiório de Sousa, seguido de Luís Oliveira. Manuel Dias no Radical nº34 foi 3º e em 4º ficou Jorge Pires no protótipo nº11 aqui bem ilustrado. Mário Ferreira no Fórmula terminou em 5º, Daniel Vidal que alinhou sem tempo terminou a seguir, etc.


Parabéns ao Tuku-Tuku pelo sucesso deste evento após um longo e demorado esforço.
Um dia saberemos do autódromo em funcionamento, hajam assim os investimentos mais do que merecidos.


2 comentários:

asperezas disse...

Uma nota acerca do ausência do campeão Paulo Sá Silva, que não participou nesta prova. Segundo informou, pouco deverá correr este ano.

Higorca Gomez Carrasco disse...

Guaaaaaauuuuuuuuuuuu, que chulada de coches, son una maravilla.
Abrazos

Counter